Educação de mulheres em situação prisional: experiência que vem do sul, no processo de reinvenção social

Autor: Eunice Maria Nazarethe Nonato

Resumo: Esta tese tem por objetivo abordar a questão da educação de mulheres em situação de privação de liberdade, apresentando estudo feito a partir de metodologia teórico-empírica em que se investigou o modo como se constitui a experiência educativa, em um curso superior, para as mulheres apenadas, no Presídio Feminino Madre Pelletier (PFMP). Imprime-se, neste estudo, um olhar próprio das Ciências Sociais, o que permite a compreensão da questão da educação da mulher apenada como sério problema social a ser enfrentado. Busca-se, nesta pesquisa, compreender e identificar as possibilidades e dificuldades relacionadas à educação de mulheres privadas de liberdade, e, ainda, contribuir com o sistema de ensino e o sistema prisional, no sentido de apontar possibilidades de existência de ensino superior no cárcere.O material de análise baseou-se em registros feitos em diário de campo, bem como em falas oriundas das entrevistas realizadas com as apenadas, agentes penitenciários (as) e funcionários (as) do presídio. O estudo de caso realizado mostra o processo de inclusão de mulheres apenadas no ensino superior, em especial, a relação entre elas, os (as) funcionários (as) e agentes penitenciários (as), que estudaram juntas (os) durante processo de graduação em Serviço Social, dentro do referido presídio. Conclui-se, pela experiência estudada, que o processo de formação de mulheres em nível superior, no contexto do cárcere, apresenta significativas contribuições tanto para as apenadas quanto para maior humanização dos demais funcionários e agentes envolvidos na experiência educativa.

Orientador: José Ivo Follmann

Co-orientador: Pedro Hespanha

Área de concentração: Ciências Sociais

Instituição:  Universidade do Vale do Rio dos Sinos / Ano: 2010

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.