“Tão longe, mas tão perto” : significados de uma experiência de educação popular com mulheres em situação de privação de liberdade

Autor: Amanda da Rocha Lourensen

Resumo: Este trabalho parte da investigação de uma experiência de Educação Popular no interior de um Presídio Feminino na cidade de Porto Alegre (RS). Tendo em vista que o projeto realizado nesse espaço educativo baseia-se na produção artesanal e nos Direitos Humanos das Mulheres, empenho-me em identificar se foi possível promover contrapontos em relação à oferta de educação prisional, assim como se houve impactos na percepção das mulheres sobre si mesmas e sobre sua atual situação de privação de liberdade. Para desenvolver o trabalho, meu objetivo foi compreender quais os significados atribuídos pelas educandas as suas experiências de aprendizagem. Os dados que subsidiaram o estudo e me possibilitaram chegar até algumas considerações finais foram obtidos através da aplicação de questionários e entrevistas semi estruturados.

Orientador: Rochele Fellini Fachinetto

Área de concentração: Ciências Sociais

Instituição:  Universidade Federal do Rio Grande do Sul / Ano: 2018

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.