Pedagogas(os) em espaços não escolares: a construção de práticas profissionais na assistência social e socioeducação

Autor: Flávia Melina Azevedo Vaz dos Santos

Resumo: Este trabalho de conclusão de curso é resultado de pesquisa desenvolvida no âmbito do Programa Institucional de Voluntários da Iniciação Científica 2017/18, na Universidade Federal da Paraíba, tendo como objetivo mapear espaços não escolares para a atuação do (a) pedagogo(a) no município de João Pessoa – PB, com ênfase no âmbito da Assistência Social e Socioeducação, além de perceber quais ações educativo-sociais são realizadas por estes(as) profissionais voltadas aos usuários dos serviços, programas e projetos vinculados aos organismos públicos e organização não governamental. Os elementos teóricos se configuram através das concepções do sentido da Pedagogia como Ciência da Educação conforme aportadas por Franco (2008), Pinto (2006), Saviani (2007), e da Pedagogia Social como referência para o mundo do trabalho nas instituições pesquisadas, conforme discutem Casteleiro (2008), Perez Serrano (2003; 2014) e Severo (2012; 2015; 2017). Quanto às especificidades dos serviços da Assistência Social e Socioeducação, apresentamos alguns documentos que orientam os profissionais para a efetivação da política pública de assistência social, como a LOAS, PNAS, SINASE (BRASIL, 1993; 2004; 2012). O percurso metodológico que configura esta pesquisa se conduz pela análise qualitativa e de conteúdo, sendo realizado em três fases: aproximação dos elementos teóricos, mapeamento dos espaços de atuação e, por fim, aplicação dos questionários e realização das entrevistas semi- estruturadas. Obteve-se 22 questionários respondidos, dentre os quais nove são de pedagogas(os) que se disponibilizaram em participar das entrevistas. Desta forma, identificou- se que os modos de atuação pedagógica se direcionam para possíveis melhorias de condição econômica e social, tendo como principal referência de organização os documentos legais das políticas públicas com pouca incidência de referências teórico-metodológicas mais estruturadas, já que a formação das(os) pedagogas(os) é apontada como insuficiente para o trabalho desenvolvido por esses(as) profissionais no âmbito dos espaços não escolares, sobretudo os da Assistência e Socioeducação.

Orientador: José Leonardo Rolim de Lima Severo

Área de concentração: Ciências Humanas: Educação

Instituição:  Universidade Federal da Paraíba Ano: 2018

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.