Páginas vivas: encarceramento feminino e remição da pena pela leitura em Juiz de Fora/MG

Autor: Igan Figueiredo Mainieri Silveira

Resumo: O presente trabalho propõe uma análise sobre o fenômeno do hiperencarceramento feminino havido no Brasil nas últimas décadas e como o sistema prisional de Juiz de Fora/MG se insere nesse contexto, examinando o perfil e as condições de cumprimento de pena a que as mulheres são submetidas na cidade a partir do projeto de extensão acadêmica “Mulheres, apesar do cárcere”, desenvolvido no âmbito do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Ciências Criminais (NEPCrim) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). A partir desse cenário, apresenta a elaboração, os desafios enfrentados e resultados do projeto de extensão para a efetivação da remição da pena pela leitura para o público feminino encarcerado na cidade a partir das metodologias e práticas da Justiça Restaurativa.

Orientador: Ellen Cristina Carmo Rodrigues Brandão

Área de concentração: Direito

Instituição:   Universidade Federal de Juiz de Fora  Ano: 2019

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.