O silêncio das rosas: a ausência da educação no Complexo Penal Feminino João Chaves

Autor: Tássia de Souza Barreto

Resumo: O presente trabalho versa sobre a ausência da educação para as mulheres privadas de liberdade, em especial na ala feminina do Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte, da cidade do Natal, no Estado do Rio Grande do Norte. Para tanto, busca-se primeiramente entender a visão dos pressupostos educacionais no nível macro (mundo), micro (Brasil) e os preceito Constitucionais que devem ser respeitados pela sociedade. Posteriormente, adentra-se em uma análise em que se enfatiza o universo carcerário feminino com seus diversos espinhos. Pretende-se discutir os desafios enfrentados com a falta de oferta de educação e como ela pode deixar de realizar transformações positivas na vida das detentas. Para tanto, o presente trabalho acredita que o projeto educacional no complexo penal é uma realidade em construção pausada. Além dos desafios, pretende – se apontar o que pode ser aprimorado, visando contribuir com o que já vem sendo feito na área da educação prisional.

Orientador: Alexandre da Silva Aguiar

Área de concentração: Educação

Instituição:  Universidade Federal do Rio Grande do Norte / Ano: 2016

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.