Metamorfoses: experiências no currículo da EJA Prisional

Autor: Bianca Campos da Silva

Resumo: A presente monografia é fruto de um estudo que aborda as possibilidades de experiência no currículo da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Presídio Estadual de Lajeado. Como metodologia, a pesquisa utiliza a cartografia, através da elaboração de duas oficinas com a temática “Arte e experiência” a fim de pensar o currículo dentro desse espaço. O problema de pesquisa era verificar o modo como o currículo da EJA prisional no Presídio Estadual de Lajeado/RS pode potencializar experiências em sujeitos privados de sua liberdade. A pesquisa não buscou resultados quantificados ou qualificados, mas apresentou algumas reflexões acerca do currículo. Nesse sentido, o currículo da EJA Liberdade, por suas singularidades, traz algumas rupturas que possibilitam pensar a experiência, embora a abordagem conteudista faça parte desse contexto. Com a investigação, percebeu-se que a experiência é intransferível, ou seja, acontece de forma diferente a cada sujeito. Nesse sentido, nunca será possível saber de antemão das experiências das detentas, mas isso não significa que o currículo da EJA Prisional não possa propor atividades que possibilitem às detentas novas experimentações. Desse modo, o currículo pode possibilitar ao sujeito ser tocado por uma aprendizagem; quando isso ocorre este se desloca, é afetado pelas suas inquietudes, criando relações únicas. Nesse sentido, o trabalho com artes, dentro da educação prisional, torna-se uma potente para pensar.

Orientador: Fabiane Olegário

Área de concentração: Educação

Instituição:   Universidade do Vale do Taquari /Ano: 2017

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.