As representações da biblioteca prisional: o olhar do presidiário

Autor:  Leandro Moura

Resumo: A pesquisa aborda as representações que o preso faz da biblioteca prisional. Para isso buscou-se realizar uma entrevista diretamente com um presidiário no campo de pesquisa, o Presídio Evaristo de Moraes (PEM). Apresenta a situação carcerária do Brasil e mais especificamente do PEM. Conceitua os termos representação e memória que servem como base para análise da narrativa do interno entrevistado. Utiliza a literatura sobre a biblioteca prisional para a contextualização do trabalho. Os procedimentos metodológicos que caracterizam essa pesquisa são de caráter exploratório, de abordagem qualitativa, tendo como aporte a revisão bibliográfica, e a realização de uma entrevista estruturada com um preso afim de analisar as representações que o mesmo faz a respeito da biblioteca prisional. Mostra como resultado a representação da biblioteca prisional na perspectiva do preso. Conclui que a biblioteca prisional possui potencial de transformação da sociedade.

Orientador: Antonio José Barbosa de Oliveira

Coorientador: Marianna Zattar

Área de concentração: Ciências da Informação

Instituição:  Universidade Federal do Rio de Janeiro /Ano: 2016

Download: PDF 

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.