A ressocialização por meio da educação no sistema prisional brasileiro: estudo em uma unidade no Vale do Mamanguape/PB

Autor: Glaudemir Cavalcante da Cunha

Resumo: A presente pesquisa visa estudar a questão da ressocialização por meio da educação no sistema prisional brasileiro. Na contemporaneidade, a ressocialização e a reinserção dos reeducandos ao seio da sociedade pela educação é uma realidade, contudo, necessita de melhorias. Desse modo, esta pesquisa procura analisar, refletir e abordar o uso da educação como forma de ressocialização em uma unidade prisional do Vale do Mamanguape-PB. Para isso, utilizaremos o método quantitativo e qualitativo, com aplicação de questionários e entrevista para entendimento da problematização. Dessa forma, para fins de alcançar o intento, analisamos o sistema prisional brasileiro, a evolução histórica das medidas para a educação prisional no país, os sujeitos da educação, através de uma visão da educação como dignidade humana. Há muito a se fazer para melhorar o cárcere brasileiro e, consequentemente, a estrutura da educação nos ambientes de privação de liberdade. Portanto, este trabalho tem o intuito de despertar na sociedade uma melhor conscientização no tocante a ressocialização na busca pela dignidade humana destes homens e mulheres marginalizados.

Orientador: Isabella Arruda Pimentel

Área de Concentração: Direito Penal e Penitenciário

Instituição: Universidade Estadual da Paraíba /Ano: 2019

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.