A biblioteca em presídio e suas especificidades

Autor: Léia Santos

Resumo: Pesquisa exploratória de caráter descritivo. Pressupõe que os métodos tradicionais de estudos de usuários não atendem às especificidades de usuários de bibliotecas em presídios. Categoriza-se a biblioteca em presídio como biblioteca especial, apresentando sua definição, e a diferencia dos demais tipos de bibliotecas. Visa elencar as carências do sistema prisional brasileiro, conceituar a biblioteca em presídio e sugerir cuidados que devem ser considerados ao se pensar uma biblioteca nesse ambiente. Conclui-se que, mesmo com a existência de normas e diretrizes da Biblioteconomia, o profissional que atua nesses contextos deve ser crítico para saber adaptar os serviços e produtos da biblioteca o seu usuário e contexto. Também é necessário considerar que a biblioteca em um ambiente como o prisional deve se configurar como um espaço de liberdade, diálogo, aprendizagem, que ofereça diversas opções ao usuário que possibilitem sua reinserção social. Sugere-se atividades e serviços que podem ser disponibilizados na biblioteca em presídio, tais como orientação sobre o uso de computadores, mediação de leitura e círculos de cultura.

Orientador: Asa Fujino

Área de concentração: Biblioteconomia

Instituição: Universidade de São Paulo / Ano: 2016

Download: TCC_Léia Santos

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.