A formação continuada do professor alfabetizador em contexto prisional de Porto Velho: entre políticas públicas e práticas formativas

Autor: Dione Martins Magalhães Resumo: A educação é um direito inerente a todas as pessoas, cujos objetivos são o pleno desenvolvimento, o exercício da cidadania e a qualificação para o trabalho. Partindo dessa compreensão, no âmbito do sistema prisional, ela passa a ser também um elemento para a ressocialização do apenado. Nesse sentido, aponta-se… Continue reading

Inclusão social de egressos do sistema prisional pela educação de jovens e adultos no campus AC Simões – UFAL

Autor: João Marcos Francisco Sampaio, Elaine Cristina Pimentel Costa Resumo: O presente projeto de extensão tem natureza interdisciplinar e envolve as áreas do Direito, da Pedagogia e das Ciências Sociais, em atividades direcionadas à alfabetização e letramento, por meio da modalidade da Educação de Jovens e Adultos, além da troca… Continue reading

O outro de si no contexto da experiência carcerária: educação e reabilitação, ocultação e desvelamento

Autor: Gisélia Fernandes, Manuel Tavares Resumo: O objectivo deste artigo é desocultar o outro que existe em cada presidiário através das suas experiências educativas. O local da pesquisa foi a Penitenciaária Desembargador Flósculo da Nóbrega, na Paraíba, popularmente conhecida por Presido do Roger. O objecto da nossa pesquisa focaliza-se nas vozes dos educandos que… Continue reading

As práticas e representações de leitura dos detentos alfabetizadores e alfabetizados do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

Autor: Antonio Artequilino da Silva Neto Resumo: A presente dissertação, ligada à linha de pesquisa Formação e Profissionalização Docente , analisa as práticas e representações de leitura dos detentos alfabetizadores e alfabetizados do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, dentro de um contexto que envolve uma população carcerária constituída em… Continue reading

Educação carcerária: conflito punir/ressocializar

Autor: Joslene Eidam Zanin No sistema penal brasileiro existe uma incompatibilidade entre a ação de custódia de presos e a ação de educação para ressocialização. A ação punitiva quase sempre prevalece.O objeto de estudo do presente trabalho é a educação carcerária e seus conflitos entre punir, prevenir, regenerar e reeducar…. Continue reading