Criminalizar para punir: a dinâmica de neutralização da juventude pobre e negra do Brasil

Autora: Ana Idalina Carvalho Nunes

O livro traz, conforme é possível perceber, um estudo sobre a questão do encarceramento no Brasil, fundamentado nas teorias de George Rusche e Otto Kirkheimer, Michel Foucault, Loïc Wacquant, Vera Malagutti e outros contemporâneos. Ao final, o estudo de caso realizado na escola que funciona no presídio de Cataguases (MG) mostra, a partir do traçado do perfil dos alunos, a forma como a teoria se aplica na prática.

O livro traz, em uma linguagem simples, embora científica, os fundamentos para os que pretendem ingressar no campo da pesquisa em criminologia, prisões, populações estigmatizadas.

Acompanhe mais sobre o livro

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Uma resposta para Criminalizar para punir: a dinâmica de neutralização da juventude pobre e negra do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.