Projeto de leitura promove remissão de pena para detentos em Poços, MG

Jéssica Balbino – Do G1 Sul de Minas

Com resenhas mensais, presos podem conseguir 48 dias a menos por ano.
Além de penas menores, detentos adquirem hábito pela leitura na cidade.

Há pouco mais de 1 ano de completar a pena, a detenta Krislaine Ferreira de Paula, de 33 anos, encontrou em um projeto de leitura dentro do Presídio de Poços de Caldas (MG) uma forma de passar o tempo, conhecer outros mundos e reduzir dias na própria sentença, por meio da remissão.

E ela não é única. Ao todo, 54 detentos que estão no presídio participam da iniciativa criada pelo professor Davidson Sepini Gonçalves, de 53 anos, que considera o projeto, que teve início há 10 meses, como um divisor na vida dele e dos detentos.

“O projeto mexeu em toda minha vida. Existe um Davidson antes e depois do projeto de leitura. Quando estou no presídio, entro em contato com o ser humano em outra condição e isso mexe muito comigo. Quando chego em casa, fico pensando nisso. Mas me mudou muito. Me humanizou. Não consigo deixar de vê-los como iguais a mim”, disse o professor.

“Quando estou no presídio, entro em contato com o ser humano em outra condição e isso mexe muito comigo” – Davidson Sepini Gonçalves, professor”

Leia matéria completa

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.