De dentro de presídio, reeducandos se preparam e sonham em estudar na USP

Por Tabita Said

Reeducandos da Penitenciária de Parelheiros, zona sul de São Paulo, fazem a prova da Competição USP de Conhecimentos (CUCo) – Foto: Caio Daniel / Divulgação SAP.

Eles participaram da Competição USP de Conhecimentos, um desafio para estudantes de escolas públicas do Estado de São Paulo; em vídeo, jovens contam como é estudar no cárcere

Entre os 58.558 inscritos da edição deste ano da Competição USP de Conhecimentos (CUCo), um grupo marcou sua estreia. Pela primeira vez, sentenciados da Penitenciária de Parelheiros, na cidade de São Paulo, participaram do desafio que busca incentivar mais alunos da rede pública estadual paulista a estudarem na Universidade.
A CUCo organiza provas para preparar jovens a ingressarem na USP e entenderem o processo de seleção de uma universidade pública. As provas trazem questões sobre ciências humanas, ciências da natureza, matemática e língua portuguesa. O nível de dificuldade varia conforme o ano do ensino médio em que o aluno está:  1º, 2° ou 3º ano.
Dentre os seis participantes da penitenciária de Parelheiros, três atingiram a nota mínima de corte e um deles foi certificado com o melhor desempenho entre os estudantes do 2° ano do ensino médio da Escola Estadual Leda Guimarães Natal. Lá, os jovens cursam o ensino médio através do programa de Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A unidade escolar fica no mesmo distrito da penitenciária e atende adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas de internação.

Leia a matéria completa

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.