As dificuldades de aprendizagem no sistema prisional

Autor:  José Roberto Oliveira de Brito

Resumo: Esta monografia versa sobre as dificuldades de aprendizagem de presidiários, para a qual é imprescindível a participação da Educação de Jovens e Adultos (EJA) como modalidade de ensino que se dedica à formação de pessoas que não conseguiram se escolarizar na idade prevista. O objetivo deste trabalho foi investigar o processo de construção da aprendizagem na modalidade da EJA dentro da comunidade carcerária do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO II), em especial, dos educandos que formam as turmas do Ensino Fundamental II. Dentro dessa perspectiva, o trabalho discorre sobre a importância da educação para a comunidade carcerária, como meio de libertação e reinserção na sociedade, mostrando as dificuldades que se encontram, para que o preso tenha o direito de retornar às salas de aula, assim como, os desafios do professor para atuar no sistema penitenciário. As informações foram coletadas no estudo de caso dos detentos do Instituto Presídio Olavo Oliveira II, em especial, dos alunos Do Ensino Fundamental II e analisadas qualitativamente, com fundamentação nas ideias de autores como Foucault (2001), Freire (1997), Onofre (2007), Paiva (1987), Soek (2009), entre outros. O trabalho está dividido em dois capítulos, o primeiro dedica-se à fundamentação teórica, na qual se abordam os assuntos referentes à aprendizagem e dificuldades de aprendizagem em ambiente de privação da liberdade e o segundo, dedica-se ao estudo de caso, no qual se relata a coleta de dados, fazem-se as análises e considerações e, ainda mostram-se as vivencias do autor. Para finalizar, fazem-se as considerações finais mostrando as inferências realizadas a partir do estudo.

Orientador: Maria José Barbosa

Área de concentração: Educação 

Instituição:  Universidade Federal do Ceará / Ano: 2012

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.