Professoras encarceradas: a educação na prisão de jovens e adultos na perspectiva das professoras que vivenciam o perigo em um ambiente de subjugação e resistência no exercício da docência no presídio de Valença/BA

Autor: Marcia Cristina Rocha de Sousa Vieira

Resumo: Esta pesquisa de mestrado busca responder as questões: como as professoras que atuaram no Conjunto Penal de Valença (CPV) desenvolveram práticas pedagógicas de forma autônoma em um ambiente de subjugação e resistência, utilizando uma metodologia voltada para a sensibilização de valores, num espaço onde predomina o medo e a vulnerabilidade? Quais são os entraves encontrados por elas no exercício da docência no cárcere? Nesse sentido, a pesquisa desta temática surgiu desde a época em que atuei como coordenadora de um Programa Federal de Alfabetização de Jovens e Adultos, em parceria com o Governo do Estado da Bahia, que mantinha duas turmas no CPV. Naquela época, o que me chamou a atenção foi a determinação das docentes em enfrentar as adversidades e os entraves que aquela educação estava inserida. Através das narrativas que foram registradas em pesquisa anterior, foi possível identificar, nos registros de suas vozes, as experiências e os saberes que são significativos para a sua atuação na docência na EJA em presídios, bem como identificar os entraves enfrentados por essa educação. A pesquisa foi realizada por meio do registro de relatos orais de cinco professoras q Teologia ue atuam/atuaram na modalidade EJA no CPV, por meio dos quais os dados foram obtidos e analisados. Os autores envolvidos como referencial teórico são Miguel Arroyo, Paulo Freire, Michael Foucault, Moacir Gadotti, Sérgio Haddad Elionaldo Fernandes Julião, Leôncio José Gomes Soares e Márcia Vieira.

Orientador: Iuri Andréas Reblin

Área de concentração: Teologia

Instituição:  Faculdades EST Ano: 2015

Download: PDF

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.