Educação em serviços penais: diretrizes para a escola de formação do sistema prisional em Minas Gerais

Autor: Railander Quintao de Figueiredo

Resumo: A presente pesquisa trata da importância da Escola de formação penitenciária para a política penitenciária no Estado de Minas Gerais, importância esta que a torna um objeto de curiosidade da pesquisa, por ser ela uma instância formadora, de modo complexo e singular, dos profissionais que atuam nas unidades penais. Trata-se de uma pesquisa documental na qual se resgata parte da história de constituição da Escola de Formação em Serviços Penais em Minas Gerais. A metodologia utilizada compreendeu a análise de documentos oficiais, legislação, relatórios, planos orçamentários, estatísticas e indicadores. Dentre as considerações finais do trabalho, a análise dos documentos nos levou a concluir que a educação em serviços penais é essencial para o exercício profissional, em um contexto marcado por contradições, urgências e fatos críticos, na prestação de uma assistência especializada ao condenado. Conclui-se, também, que há um distanciamento entre as diretrizes que estabelecem a educação em serviços penais como ação essencial e diferenciada e a realidade social que se impõe, não sendo esta política de qualificação do sistema penitenciário estadual sistematicamente e consistentemente implementada.

Orientador: Luiz Alberto Oliveira Goncalves

Área de concentração: Educação 

Instituição:  Universidade Federal de Minas Gerais / Ano: 2007

Download: PDF 

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.