A educação matemática como parte integrante da escola para a vida: contribuições na formação de mulheres privadas de liberdade

Autor: Fernanda Soares da Silva Bonato

Resumo: Esta pesquisa aborda a importância da prática em sala de aula de metodologias investigativas e por resolução de problemas, com abordagem que priorize uma Educação Matemática Crítica. O objetivo geral desta investigação foi analisar os sentidos atribuídos ao conhecimento matemático que são estabelecidos pelos sujeitos em privação de liberdade. Como embasamento teórico, buscamos o diálogo com Bernard Charlot, para compreendermos a especificidade da “relação com o saber”, com Paulo Freire, para nos apropriarmos do conceito de dialogicidade, com Alro e Skovsmose, a fim de apreendermos do conceito de Educação Matemática Crítica. O lócus de investigação da pesquisa foi o Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirim (CPFCI) e teve como sujeitos algumas alunas matriculadas na turma da 7ª/8ª série do Ensino Fundamental e do 1º/2º anos do Ensino Médio. A pesquisa possui uma abordagem qualitativa com viés da pesquisa participante e teve como instrumentos de coleta de dados diário de campo, questionário e atividades escritas das alunas. Para o desenvolvimento da investigação, algumas estratégias de ensino foram trabalhadas com as sujeitas pesquisadas. A pesquisa apontou que o ensino de Matemática em sistemas penitenciários numa perspectiva crítica, pode contribuir na construção de conhecimentos possibilitando as pessoas privadas de liberdade uma formação crítica, sensibilizando e desafiando-os a criarem e exporem suas ideias. Na intenção de propor uma abordagem metodológica para o ensino de matemática na educação em presídios, a metodologia de trabalho desenvolvida durante a pesquisa compõe o produto educacional e se destina a ser um material de apoio para o professor de matemática atuante em sistemas prisionais.

Orientador: Antonio Henrique Pinto

Área de concentração: Educação em Ciências e Matemática

Instituição:   Instituto Federal do Espírito Santo Ano:

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.