A educação a distância como possibilidade de qualificação dos recuperandos do sistema prisional: um estudo de caso

Autor: Thais Teixeira Santos

Resumo: Esta pesquisa investigou as contribuições da Educação a Distância no processo de socialização de pessoas que se encontram apenadas no sistema prisional. A crise no sistema prisional brasileiro e a violação dos direitos dos presos é uma situação que se estende por todo Brasil. A superlotação agrava a precariedade das penitenciárias e contribui para a violência interna, o sistema não tem conseguido alcançar sua meta que é a de recuperar e reintegrar o detento à sociedade como função da pena. Uma das alternativas de reversão do quadro atual da execução penal convencional é a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) que possui a filosofia de recuperar o preso, proteger a sociedade, socorrer as vítimas e promover a justiça. Na APAC, o preso tem acesso ao estudo, e a educação a distância pode ser uma estratégia relevante para a o aperfeiçoamento intelectual e humano desses apenados. Neste contexto objetivou-se analisar como o acesso ao ensino superior na modalidade a distância tem contribuído para a ressocialização e a qualificação dos recuperandos. Através de abordagem qualitativa foi realizado um estudo de caso apoiado em entrevistas semiestruturadas. Participaram sete recuperandos que realizam o curso superior dentro da APAC. A partir dos resultados pode-se inferir que a EaD contribui para a ressocialização dos recuperandos, no entanto ficou difícil discernir se essas são originadas através da metodologia apaqueana ou se é através do acesso ao ensino superior. Uma vez que os participantes são unanimes ao responderem que a APAC oferece possibilidades de reinserção na sociedade com novas perspectivas de vida e o acesso ao ensino superior oportuniza a realização de sonhos, instaurando-se pretensões futuras. Outro ponto importante colocado é o desafio apresentado pelo estudo a distância, a construção autônoma do conhecimento parece fazer aflorar valores como compartilhamento, autoestima, pertencimento, organização e dedicação.

Orientador: Ronei Ximenes Martins

Coorientador: Estela Aparecida Oliveira Vieira

Área de concentração: Educação

Instituição:  Universidade Federal de Lavras / Ano: 2018

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.