Politização do ato pedagógico no processo de ressocialização de encarcerados

Autor: Thais Vieira de Oliveira, Anne Caroline Coutinho Simões

Resumo: Partimos do pressuposto de que o sistema carcerário brasileiro não cumpre com o seu principal objetivo que é o da reintegração social. A partir disso, trazemos a questão da politização do ato pedagógico como elemento inexorável para o processo de ensino aprendizagem que vise índices significativos de ressocialização. Neste artigo, propomos o olhar integral acerca do indivíduo, além de sua condição em cárcere, em simbiose com a importância da educação de qualidade como ferramenta de transformação e o comprometimento do Estado para sua garantia, uma vez que é dever previsto na Constituição Federal e na lei de execução penal em seus dois eixos: punir e reintegrar socialmente, incluindo a metodologia histórico-pedagógica trazendo os eixos principais abordados pela política do EJA no sistema prisional.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.