Políticas públicas para a educação prisional: perspectivas da ONU e da UNESCO

Autor: Daiane Letícia Boiago, Amélia Kimiko Noma

Resumo: O objetivo deste texto é analisar políticas públicas destinadas à Educação de Jovens e Adultos em privação de liberdade a partir de 1990. Busca explicitar a influência de agências internacionais, como a ONU e a UNESCO, na definição e na difusão de orientações gerais de políticas públicas para a educação da população prisional. Trata-se de um estudo de caráter teórico, que se fundamenta em análise de conteúdo de documentos selecionados.

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.