Perspectivas da educação de jovens e adultos no sistema prisional

Autor: Sita Mara Lopes Sant’ Anna

Resumo: Este artigo reflete sobre possibilidades da educação voltadas ao sistema prisional, com foco nos princípios da Educação de Jovens e Adultos, principalmente nas perspectivas apontadas nos estudos de Dresch (2012) e Sant’Anna (2009), além dos trabalhos de Graciano (2005 e 2013). A educação nos presídios ou ‘locais de restrição das liberdades’, considerada enquanto um direito e dever do Estado, constitui-se num grande e atual desafio para sociedade brasileira e para que ocorra a contento, necessita de um processo continuado de formação dos professores e demais Agentes do Estado que atuam nesses contextos. Os princípios da EJA que envolvem o diálogo, a escuta e a construção coletiva são basilares nas práticas educacionais, e, também, na orientação e condução dos processos da formação dos professores que atuam nesses lugares de privação das liberdades, porque esses requerem muito da criatividade, diálogo, entendimento e conhecimento.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.