O mediador de leituras na Penitenciária Estadual de Maringá

Autor: Daniela Carla de Oliveira

Resumo: Pretendemos, neste artigo, apresentar os resultados parciais da pesquisa que estamos desenvolvendo na Penitenciária Estadual do Município de Maringá, PR, na qual objetivamos analisar o papel do mediador – bibliotecário – interno apenado no acesso à leitura. Para tanto, realizamos uma entrevista com o sujeito de nossa pesquisa, centrada em dois tipos de questionamento, a saber: 1) questões referentes à história de leitura do interno – bibliotecário; e 2) questões referentes ao funcionamento/organização da biblioteca. Além disso, promovemos um levantamento da história da instituição, investigando tanto os aspectos relativos ao funcionamento da mesma bem como do funcionamento da escola que aí se encontra. Utilizamos como referencial teórico autores como Michel Foucault, Michelle Perrot, Michèle Petit e Erving Goffman. As análises realizadas até o momento indicam: a) estratégias do bibliotecário – interno – para exercer o papel de mediador; b) estratégias de formação do acervo.

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.