O corpo e a voz da prisão: testemunho e experiência na literatura de cárcere

Autor: Aulus Mandagará Martins

Resumo: Pelas categorias de testemunho e experiência, é proposto neste artigo a análise do ‘gênero’ literatura de cárcere; investiga uma possível virada de paradigma na recente literatura brasileira produzida por prisioneiros ou ex-prisioneiros, procurando refletir sobre as condições teóricas, discursivas e históricas em torno desses escritos, cuja característica mais marcante é a presença de um sujeito enunciador entendido como ‘preso comum’, em oposição ao ‘preso político’, figura central da literatura de cárcere oriunda de contextos políticos de exceção.

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.