Mediação de leitura com pessoas em situação de privação de liberdade em presídios de Foz do Iguaçu

Autores: Fernando Raposo, Tania Rodriguez

Resumo: O presente artigo apresenta uma fatura parcial das atividades que vêm sendo desenvolvidas pelo projeto de extensão “Direito à poesia: círculos de leitura em situação de privação de liberdade em Foz do Iguaçu” no período de aproximadamente um ano, iniciado por volta de maio/15. O projeto pode ser, inicialmente, dividido em dois momentos, que para os termos do presente artigo, não significam ordenamento temporal, visto que se dão continua e paralelamente: a realização dos círculos de leitura em duas instituições prisionais da cidade, Centro de Reintegração Social Feminino de Foz do Iguaçu (CRESF) e Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu II, que consiste em rodas de leitura com detentas/os que se voluntariaram para atividade – e que tem como principal objetivo a fruição estética da leitura compartilhada, possibilitando câmbios e intercâmbios inter e intra subjetivos diretos entre os participantes. A participação do mediador consistiria em uma presença em princípio desinteressada e não direcionada por processos de apreensão valorativa teórico-literários, pedagógicos ou morais. O segundo momento, do grupo de formação, se dá entre os mediadores que participam das rodas de leituras e outros possíveis mediadores. Busca-se discutir a atividade da mediação inserida mais amplamente em contextos de adversidades, crises, traumas e vulnerabilidade. Assim, nessas discussões são centrais as reflexões acerca da categoria da mediação cultural, da produção, circulação e recepção do objeto literário, da valoração política e estética destes objetos e acerca dos reconhecimentos e produções identitários dos sujeitos incluídos ou excluídos dessa partilha simbólica, portanto política.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.