Leitura, interpretação, música & redação para reeducandas da cadeia pública feminina de Tangará da Serra/MT

Autor: Maria Cleunice Fantinati da Silva, Maria Vitória Santos de Sousa, Pedro Rafael Almeida Nunes, Rayssa Cabral Costa

Resumo: O trabalho apresenta resultados das atividades do Projeto de Extensão desenvolvidas em parceria como Instituto Federal de Mato Grosso, Campus avançado de Tangará da Serra e a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos/MT. Teve como objetivo ofertar curso de redação para catorze mulheres recuperandas da Cadeia Pública Feminina de Tangará da Serra. Os procedimentos metodológicos para a produção textual iniciaram com a discussão sobre a importância da redação para Enem e as cinco competências exigidas. Foi realizada uma revisão gramatical, elementos da textualidade, compreensão e interpretação de textos e apresentado a estrutura do texto dissertativoargumentativo. A prática foi destinada a produção das redações, correção e refacção dos textos. As aulas de música com dinâmicas de leitura e interpretação de texto (letras de músicas) utilizando-se das vivências e da prática de canto com a finalidade de ampliar os conceitos artísticos das alunas. Os resultados foram considerados satisfatórios, ainda que as reeducandas não tenham alcançado êxito para o ingresso nos cursos superiores almejados. Entretanto, foi perceptível a elevação da autoestima e os resultados positivos nas aulas de músicas. A interação de uma ambiência de cooperação entre comunidade externa por meio dos colaboradores e profissionais e estudantes do IFMT foi relevante. Através da apropriação do conhecimento multidisciplinar, das habilidades, das atitudes e dos valores que se dá por meio das relações que o indivíduo mantém com o mundo e com o conhecimento a elevação da autoestima e o modo de avaliar seus conceitos e repensar novos caminhos objetivando a reinserção social. 

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.