Escola, cárcere e pandemia: o que pode uma educação filosófica?

Autor: Walter Omar Kohan, Márcio Nicodemos

Resumo: O artigo apresenta reflexões sobre as possibilidades de se pensar uma educação filosófica nas escolas no cárcere no atual cenário de pandemia no Brasil. Para isso consideramos, num primeiro momento, em “Tempos de pandemia: nós somos piores que o covid-19?”, o estado crítico da chamada civilização que a pandemia contribuiu a evidenciar; num segundo momento, “Tempos de cárcere: o desaparecimento pela força do ódio” nos focamos no estado atual do cárcere no Brasil, assim como nos efeitos nele da pandemia e da forma do governo Bolsonaro responder a ela; finalmente, em “Tempos de escola: o reaparecimento pela sabedoria do amor” consideramos o estado atual da educação nas escolas no cárcere no Brasil e o que poderia uma educação filosófica em tempos de pandemia: consideramos a filosofia não apenas um amor à sabedoria, mas uma sabedoria do amor com, pela e para as outridades, para, quem sabe, fazer brotar políticas de vida e, com elas, liberdade, justiça e paz social.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *