Ensino da educação física entre muros e grades: narrativas (auto)biográficas e reflexões compartilhadas

Autor: Karine de Almeida Müller, Ueliton Peres de Oliveira, Willian Lazaretti da Conceição

Resumo: O presente artigo tem como objetivo analisar as narrativas (auto)biográficas de uma professora e dois professores de Educação Física e suas respectivas experiências com o ensino da Educação Física e na Gestão no contexto situado da socioeducação, especificamente na medida socioeducativa de internação em três Instituições responsáveis pela execução da medida socioeducativa de internação em diferentes Estados. As narrativas (auto)biográficas enquanto método permitiu que cada docente narrasse livremente a sua trajetória a fim de identificar as dinâmicas da ação docente nesse espaço peculiar de educação formal, respeitando as especificidades de cada região. Como resultados foi possível identificar que não há uma didática específica para este contexto, ou seja, não há que se pensar num currículo diferenciado, mas sim, em formação inicial e continuada que contemplem as legislações específicas, bem como, estudos de caso e a criação de fóruns que discutam efetivamente o que é educação em direitos humanos em busca da justiça social.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.