Bibliotecas prisionais catarinenses e a ausência do bibliotecário

Autor:  Amabile Costa, Catia Rejane Lindemann,  Daniela Câmara Pizarro,  Joel Nunes da Silva

Resumo: O trabalho tem por objetivo apresentar um levantamento realizado, no ano de 2016, nas penitenciárias de Santa Catariana sobre a presença de bibliotecas e atuação de bibliotecários. Visa, também, instigar os/as leitores/as para maiores reflexões sobre a atuação desses profissionais nas bibliotecas prisionais e sobre a pouca atenção que vem sendo dada, no âmbito científico e profissional, para esta temática. Na fundamentação conceitual, abordaram-se questões referentes à Lei de Execução Penal Brasileira, às bibliotecas e à atuação das/dos bibliotecárias/os.  Apresentou-se também, os procedimentos metodológicos para a realização da pesquisa, bem como os resultados do levantamento. Observa-se que na realidade catarinense, segundo os dados coletados não há a participação de bibliotecários na gestão e organização de unidades de informações em ambientes de restrição de liberdade.

Download: PDF

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.