Biblioteca prisional: o papel da biblioteca prisional e seus serviços como contribuição para o processo de ressocialização do reeducando custodiado na Penitenciária Federal em Porto Velho

Autor: Gizelle Cristina Silva dos Santos, Marcos Leandro Freitas Hubner, Pedro Ivo Silveira Andretta

Resumo: As bibliotecas prisionais são importantes instrumentos de informação e reinserção social na vida dos apenados. O presente trabalho trata-se da abordagem de tais bibliotecas, especificamente a biblioteca da Penitenciária Federal em Porto Velho, analisando seu papel de atuação e serviços ofertados que visam contribuir para a ressocialização do detento custodiando na unidade prisional. O presente trabalho apresenta em sua fundamentação teórica o sucinto conceito de biblioteca, após propõe a análise da educação e sua importância no processo de ressocialização, apresentando as atividades proporcionadas aos apenados, enfatizando a remição pela leitura, importante contribuinte. A ressocialização, levando a reflexão do que trata e sua aplicabilidade, e a seguir a ênfase ao objeto de estudo tratado, a biblioteca Federal em Porto Velho, seus serviços e funcionamento. E posteriormente o tópico de automação de bibliotecas, sugerindo como implantação o software biblivre. Realizou-se uma entrevista semi- estruturada com 7 profissionais da educação, objetivando verificar a contribuição da biblioteca na vida dos reeducandos para o processo de ressocialização, A análise dos dados através da entrevista aplicada, mostrou através de palavras chaves homônimas e contínuas nas repostas como um todo a importante contribuição que a biblioteca proporciona ao interno da PFPV.

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, especialização em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS e MBA em Gestão da Informação em Saúde pela UNISA. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo (FACIS) e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.