As letras por entre as grades: considerações sobre a formação do leitor a partir de memórias de um sobrevivente

Autor: Karina Lima Sales

Resumo: Este texto analisa um aspecto da obra Memórias de um sobrevivente, do ex-presidiário Luiz Alberto Mendes, publicada em 2001, quando o autor ainda estava encarcerado. Durante o relato de Mendes, percebe-se que há uma descrição do seu processo de formação como leitor, aspecto que aqui se pretende analisar, pautado em estudos do campo da Sociologia da Leitura. O livro constitui-se em um relato de aprendizado de leitura, tornando-se perceptível a constituição do leitor, analisada sob a ótica de um processo de autodidaxia, embasado em estudos de Jean-Claude Pompougnac e concebendo a leitura como prática cultural, segundo Bourdieu e Chartier. Pretende-se ainda delinear as representações de leitura construídas pelo narrador, em seu relato, como prática compartilhada e possuidora de uma função redentora. As questões sobre leitura pautam-se em estudos de Eliana Yunes, ao preconizar a leitura como uma condição de sobrevivência.

Download: PDF

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.