A teoria do Labeling Aproach e a educação como mecanismo de mudança social

Autor: Francisco Rocha De Oliveira Netto

Resumo: O presente artigo tem como abordagem principal desnudar os sistemas de marginalização com teorias aplicadas, em especial, no Brasil. Através deste sistema de marginalização, algumas classes sociais se estabelecem em determinados grupos, tramando uma guerra entre opressores e oprimidos. O artigo também traz dados atuais, inclusive carcerário, que são capazes de caracterizar a rotulação social existente no país, com a estigma de cor de pele, condição social e outros tipos de definições geradoras de discriminações. Tal evento traz como possibilidade da
alteração deste quadro social as políticas públicas imediatas voltadas para a educação carcerária e como forma inibição e atenuação deste cenário.

Download: PDF

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.