A pedagogia social como processo de ressocialização

Autor: Elisangela Rodrigues de Souza, Gessica Hiara Curi da Cruz, Vanessa Elisabete Raue Rodrigues

Resumo: A educação é direito constitucional no Brasil. Ao longo da história da educação, algumas implicações internacionais tiveram espaço na legislação brasileira, inclusive ao que se refere a educação dos sujeitos privados de liberdade. Durante a consolidação da democracia brasileira, o desenvolvimento do país se deu em premissas de cunho liberal, positivista e neoliberal, por formas até autoritária garantindo direitos para a burguesia nacional e excluindo as classes econômicas desfavorecidas. Foi neste contexto que nasceu a constituição e outras normativas brasileiras, inclusive em relação ao sistema educacional do país. Entendendo a marginalização como resultado deste processo, nos propusemos em analisar a legislação que envolve a educação no contexto prisional pautada na Pedagogia Social, para verificar as possibilidades e limites da realização da educação como processo de ressocialização. Realizamos estudos bibliográficos que embasam a Pedagogia Social, e análise histórica de documentos norteadores da legislação. O resultado da pesquisa demonstra que há possibilidades de reinserção social a partir da pedagogia social, amenizando os efeitos da marginalização constituída pelo sistema capitalista.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.