A inclusão da mulher apenada no ensino superior: um estudo de caso

Autor: Adriana Rivoire Menelli de Oliveira, Eunice Maria Nazarethe Nonato, Tarcísio Staudt

Resumo: Este artigo apresenta resultados parciais de um estudo de caso sobre a experiência do Centro Universitário Metodista Instituto Porto Alegre – IPA – na Penitenciária Feminina Madre Pelletier, em Porto Alegre-RS, na qual o IPA oferece um Curso de graduação em Serviço Social com bolsa de estudos a apenadas e agentes penitenciários. Discute a situação da mulher no espaço prisional, a questão de gênero enquanto construção social, o estigma, a exclusão social da mulher, e mostra que a criminologia feminina é um fato social e não pode ser tratada de forma dissociada das questões de gênero. Além de apresentar algumas das vivências do curso em andamento, apresenta também a perspectiva de educação no presídio como possibilidade de enfrentamento da questão social.

Download: PDF

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.