A escola e o trabalho para mulheres privadas de liberdade: (re)ssocialização e (re)inserção social

Autor:  Ires Aparecida Falcade, Araci Asinelli da Luz

Resumo: Este artigo é resultante da dissertação de Mestrado em Educação Ética do cuidado x ética da justiça: o olhar feminino de estudantes privadas de liberdade. A pesquisa que deu origem a este estudo, de cunho qualitativo e exploratório, caracterizou-se como um estudo de caso e teve como participantes 10 mulheres em situação de privação de liberdade no sistema penal do Paraná. Para a coleta de dados foram utilizados: questionário semiestruturado, roteiro temático para o grupo focal e a carta como estilo literário para a narrativa. Na análise dos dados usou-se a técnica de Análise de Conteúdo, na especificidade de Análise Clínica e Núcleos de Significação. Neste artigo, apresentamos como a ética da justiça é desvelada a partir da análise Internúcleos. Os resultados da pesquisa evidenciam a necessidade de contemplar como direito humano as especificidades de gênero, no cuidado e na justiça, aplicados ao cárcere feminino, e a educação é apontada como um caminho imprescindível para respeitar a dignidade das mulheres privadas de liberdade.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.