A educação em prisões frente à ressocialização e a reinserção social

Autor: Kely Rejane Souza Anjos de Carvalho, Jocyléia Santana dos Santos, Ciro Ferreira de Carvalho Júnior, Isabella de Gregório Santos

Resumo: O objetivo deste trabalho foi conhecer se a educação ofertada nos presídios brasileiros contribui para a efetiva ressocialização dos reeducandos. A metodologia utilizada foi norteada pela pesquisa bibliográfica e documental. Para a definição de conceitos e levantamento de dados foram analisados documentos referentes às leis, decretos e políticas públicas que regulamentam a Educação Prisional no país. O texto inicia-se com um breve histórico sobre a educação e sua trajetória ao longo dos anos dentro dos presídios brasileiros, seguido de reflexões teóricas sobre o papel dos programas de formação de professores face à educação prisional. No arremete final buscou-se conhecer qual é o  papel do professor frente à ressocialização do aluno preso. Os resultados sugerem que a educação prisional, contribui diretamente na ressocialização dos detentos, não somente pela elevação da escolaridade, mas também por proporcionar a eles uma chance de alcançar uma vida mais digna em uma sociedade excludente.

Download: PDF

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Cristina de Carvalho

Arquivista na NTX It Solutions, pós-graduanda em Gestão Eletrônica de Documentos pela USCS. Foi Bibliotecária na Faculdade de Ciências e Saúde de São Paulo e Auxiliar de Biblioteca na UNISA. Bibliotecária formada pelo UNIFAI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.